TALIS

TALIS (Teaching and Learning International Survey, OCDE)

Acerca do Talis:

O TALIS 2013 (Teaching and Learning International Survey) é o segundo inquérito da OCDE sobre ensino e aprendizagem, refletindo principalmente, sobre os ambientes de aprendizagem nas escolas e as condições de trabalho dos docentes. O primeiro decorreu em 2008 em 24 países e, devido ao seu sucesso e relevante contribuição para as políticas de desenvolvimento educativo nos países participantes, foi decidido implementar uma segunda edição do estudo – TALIS 2013.

Entre outros aspetos, a análise cruzada dos dados permitirá:

  • Comparar políticas públicas adotadas nos 30 países de cinco continentes onde o inquérito está a ser realizado;
  • Contribuir para diminuir as falhas de informação sobre os sistemas educativos dos diversos países;
  • Dar a oportunidade aos professores e diretores das escolas de contribuírem para a análise da educação e do desenvolvimento de políticas em áreas chave;
  • Possibilitar aos países a identificação de outros países com desafios semelhantes e aprenderem com outras abordagens políticas.

 

O que é:

Os países participantes determinaram as políticas investigadas no TALIS. A edição de 2013 debruça-se sobre o contexto profissional do docente, as suas condições de trabalho e o impacto da escola na sua eficiência. O TALIS 2013 pesquisará:

  • A formação do docente e o seu desenvolvimento profissional;
  • A apreciação do trabalho do docente e o feedback recebido;
  • O clima de escola;
  • A liderança nas escolas;
  • Os princípios pedagógicos dos docentes;
  • As práticas pedagógicas dos docentes.

 (Mais informações em: http://www.gepe.min-edu.pt/np4/660.html)

Fontehttp://www.gepe.min-edu.pt/np4/660.html

Education at a Glance 2009: OECD Indicators

Fonte: OCDE

43586425English cover 150

This year’s edition of Education at a Glance is published at a time when all eyes are focused on addressing the financial crisis and its economic and social fallout. Presenting data up to 2007, this edition cannot yet assess the impact of the crisis on education systems, but its indicators provide insights about how investments in human capital can contribute to the recovery. New features in the 2009 edition include an extension of the analysis of the economic returns to education to social outcomes; new data on long-term unemployment and involuntary part-time work among young adults; an analysis of the spending choices that countries make between factors such as teacher compensation, instruction time and class sizes; an analysis on teaching practices as well as teacher appraisal and feedback based on TALIS; and a review of excellence in education for 15-year-olds based on PISA.